Youtube

Programação

Youtube

quinta-feira

16/09

15h

O Brasil na rota dos retrocessos democráticos

#A5C61F

Diversos relatórios têm apontado os retrocessos brasileiros nas garantias democráticas nos últimos anos.
Recentemente, a edição 2021 do relatório V-DEM, da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, avalia que o país é aquele que mais se afastou da democracia, entre 202 países analisados. Além do V-DEM, também indicam retrocessos os relatórios da Freedom House, sobre liberdade na internet; da Repórteres Sem Fronteiras – na edição 2021, o país foi classificado, pela primeira, como “zona vermelha” no ranking que avalia liberdade de imprensa. O relatório da Front Line Defenders classifica o país como o quarto no mundo que mais assassina defensores de direitos humanos.

Neste contexto, país está caminhando para se tornar uma nação não-democrática? Como essas movimentações não-democráticas fazem parte de um movimento que é, também, internacional? E quais são os caminhos para evitar que o país continue a retroceder nas garantias e processos democráticos, como a liberdade de imprensa, o ativismo e a livre associação política?

Youtube

terça-feira

21/09

15h

Mudança de hábitos: consumo consciente e o pós-pandemia

#0E85C1

A família brasileira apertou os cintos e reduziu seu consumo durante a pandemia. A pressão inflacionária também acabou por reduzir opções e focar nos produtos essenciais. Ao mesmo tempo, pesquisa da Accenture mostrou que se intensificou o interesse no consumo consciente. O momento atual fez com o brasileiro refletir sobre suas compras, por exemplo, fortalecendo comércios locais impactados fortemente pela pandemia. Até que ponto essa tendência irá se consolidar? Quais os limites da conscientização do consumo em um cenário de inflação crescente e aumento do desemprego? Que mecanismos podem ser indutores para o consumo consciente?

Youtube

terça-feira

21/09

17h

Pecuária pautada no ESG - Programa Marfrig Verde+

#0E85C1

O objetivo da atividade é apresentar o Marfrig Verde+ programa que tem como meta garantir que 100% da cadeia de produção da empresa seja sustentável e livre de desmatamento até 2030. O Brasil é uma potência mundial na produção e exportação de carne bovina, porém existem uma série de desafios que precisam ser enfrentados para garantir uma produção sustentável pautada no ESG. Essa apresentação vai abordar: Quais são os pilares do projeto e como eles funcionam? Quais são os principais desafios? Como a tecnologia e a inovação apoiam esse processo e qual a sua importância? Como funciona a atuação com os multi-stakeholders? Qual é a importância do mapeamento da cadeia de valor? Qual a importância do financiamento do Fundo &Green para a aceleração e implementação do projeto e quais são a principais frentes que serão trabalhadas com esse financiamento? Como esse programa pode ser um exemplo e apoiar a transformação do setor?

Youtube

quinta-feira

23/09

15h

Ball Corporation oferece: Hábitos de consumo na pandemia, consumo consciente e tendências para o futuro

#910082

A família brasileira apertou os cintos e reduziu seu consumo durante a pandemia. A pressão inflacionária também acabou por reduzir opções e focar nos produtos essenciais. Ao mesmo tempo, pesquisa da Accenture mostrou que se intensificou o interesse no consumo consciente. O momento atual fez com o brasileiro refletir sobre suas compras, por exemplo, fortalecendo comércios locais impactados fortemente pela pandemia. Até que ponto essa tendência irá se consolidar? Quais os limites da conscientização do consumo em um cenário de inflação crescente e aumento do desemprego? Que mecanismos podem ser indutores para o consumo consciente?

Youtube

quinta-feira

23/09

16h10

Marfrig oferece: Caminhos para uma Pecuária Sustentável

#910082

O objetivo do painel é dialogar sobre a Pecuária Sustentável, formas de manejo da terra e administração dos recursos baseados em técnicas que não prejudiquem, ou mitiguem, os impactos causados à natureza. Segundo um estudo elaborado pela Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas (Sire) da Embrapa, em 2020 o rebanho bovino brasileiro foi o maior do mundo. Isso representa 14,3% do rebanho mundial, com 217 milhões de cabeças. Em 2020 também fomos o maior exportador de carnes bovinas do mundo, com 2,2 milhões de toneladas e 14,4% do mercado internacional. Toda essa produção solidifica a posição do Brasil como grande produtor, o que gera empregos e recursos para nossa economia, porém também gera impactos na natureza.

Como a empresa está trabalhando e caminhando rumo a Pecuária Sustentável? Quais os desafios? Como a tecnologia pode apoiar esse processo? E qual a importância do manejo da terra?

Youtube

quinta-feira

23/09

17h20

Projeto Ven, tú puedes: Rompendo barreiras e impactando vidas

#910082

O Instituto Ethos, junto da ONG Visão Mundial comemoram o encerramento de mais um ano de projeto em conjunto, o Ven tú puedes que possibilitou uma imersão na realidade, vivência e trajetória de pessoas migrantes e refugiadas, demonstrando o quanto a inserção no mercado de trabalho é transformadora. Entendendo que as empresas possuem um papel social fundamental, o projeto buscou romper as barreiras do desconhecimento e trazer para as empresas caminhos, práticas e oportunidades existentes na contratação de pessoas migrantes e refugiadas. O painel, tem como objetivo apresentar o diagnóstico do setor empresarial frente à agenda de migração e refúgio, através da Pesquisa de cenários desenvolvida no âmbito do projeto e dialogar sobre os desafios e oportunidades nessa agenda para continuarmos avançando cada vez mais.

Youtube

quinta-feira

27/05

15h

Abertura

#EF2252

Tecer um debate sobre a explosão da pandemia no Brasil, com seus aspectos de desvalorização da vida, e os reflexos sociais, políticos e culturais, considerando que em diferentes momentos o Brasil, com seu modelo de governança que minimizou a gravidade da pandemia e a importância da campanha universal de vacinação, foi identificado como uma ameaça global. O diálogo irá abordar temas como pandemia e desigualdades, extrema pobreza, precarização, privatização e patentes de vacinas e irá demonstrar como a justiça social deveria transcender toda e qualquer questão, das ciências à política pública.

Youtube

quinta-feira

27/05

16h40

História das desigualdades: fatores que tornam o mundo mais desigual

#EF2252

Walter Scheidel, historiador da Universidade Stanford, comenta seu livro “Violência e a história da desigualdade: Da Idade da Pedra ao século XXI” e a conclusão de seus estudos, que demonstram que as propostas econômicas para reduzir a desigualdade não estão surtindo efeito. No diálogo Scheidel analisa que o desequilíbrio econômico e social só tende a aumentar, sobretudo com a pandemia e as mudanças climáticas.

Youtube

quinta-feira

27/05

17h

Como não resistir sozinhos?

#EF2252

Diálogo sobre a experiência da hostilidade e violência contra os povos indígenas e negros no Brasil. Observando, sobretudo, o contexto de pandemia, em que retiradas de garantias e de direitos, criminalização dos movimentos sociais e o avanço da extrema pobreza e desigualdades tornam-se ferramentas importantes para o controle da capacidade dos corpos negros e indígenas de resistir, se organizar e se expressar. Como não sucumbir? E, como não resistir sozinhos?

Youtube

terça-feira

01/06

15h

Pandemia e retrocessos globais na agenda de equidade de gênero

#FF8500

Muitos países estão avançando lentamente ou mesmo retrocedendo nas principais questões de gênero. Em decorrência da pandemia as mulheres enfrentam desafios crescentes no mercado de trabalho, no cuidado, na saúde e segurança, tendo seu bem estrar pressionado, bem como a disparidade salarial e a mobilidade social com impacto nas gerações futuras. É crucial o diálogo sobre a lacuna de gênero nas estratégias de recuperação. Quanto mais rápido as políticas públicas e os líderes empresariais agirem para promover melhorias para as mulheres na sociedade, no mercado de trabalho e na economia, em consonância com as necessidades de recuperação da economia, maiores serão os benefícios para a igualdade de gênero e para o crescimento econômico. O que é crucial debatermos e criarmos para atenuar o impacto da pandemia no futuro das mulheres e meninas e para garantir maior progresso na igualdade de gênero?

Youtube

quinta-feira

03/06

16h30

O desamparo e a vulnerabilidade das mulheres e meninas na pandemia

#A5C61F

Um diálogo entre a antropóloga Debora Diniz e a Advogada Silvia Souza sobre as correlações entre a gravidade de duas recentes emergências sanitárias no Brasil, a Zika e a Covid-19, e seus efeitos sobre a vida e os meios de subsistência de mulheres e meninas no Brasil. Como as mulheres e meninas experimentam o desemparo e a vulnerabilidade? Que mecanismos coletivos de amparo são criados e se tornam exemplos e alternativas de fuga de uma ordem política de desamparo?

Youtube

quinta-feira

03/06

17h30

Um coletivo que ajuda mudar uma empresa – caso AfroGooglers

#A5C61F

Uma exposição rápida sobre como surgiu e como funciona a iniciativa AfroGooglers, que inspira e mobiliza pessoas e uma empresa para a diversidade racial.